quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Porque eu acredito no amor - Aline e Fabricio

"Acredito no amor sempre. O amor é o que sempre me moveu e o que dá sentido à minha vida. O amor que sinto pela minha família e meus amigos, e pelo meu trabalho sempre foi minha direção. Estranho né... Alguns estão aqui para fazer grandes descobertas, ou para deixar uma obra, eu sinto que ando por aqui para me relacionar. O amor de verdade por um homem veio mais tarde, mas talvez eu acredite nele porque os outros amores já eram tão bons. Com o Fabrício é! Amo ele sempre, mesmo quando estou sentindo ódio por ele. E acho que isso me faz acreditar.  Compartilhar a vida e o amor me deixa viva".  Aline

Como conheceu o Fabricio?
Conheci o Fabricio através de uma amiga em comum. Ele me adicionou no MSN e ficamos falando por uma semana, até que marcamos um encontro e aí só fluiu.

Como foi o pedido de casamento?
O pedido de casamento foi em São Paulo, onde ele estava fazendo uma temporada de trabalho e fui encontrá-lo. Foi inusitado porque ele disse que planejou ser, desde na praça principal de Dom Pedrito, cidade natal dele, até na Alhambra espanhola... E acabou sendo em São Paulo, uma cidade que para nós não tinha nenhum significado especial. Coisas da vida... Que eu tanto valorizo: a naturalidade dos acontecimentos. Ele disse que sentiu que era aquele dia, e pronto! Em uma cama de hotel sob uma lua cheia absurda, depois de tentar ir ao cinema e desistir porque não tinha mais ingresso ele perguntou se eu queria ser sua mulher e passar a vida com ele.

E a escolha das alianças?
A escolha se deu entre o Fabricio, meu marido e a Dani, minha amiga-irmã. Acreditei que essa dupla, que tanto me conhece e que eu tanto amo, pensando juntos não poderiam errar em escolher algo que eu gostasse. E a surpresa era indispensável!

Ouro amarelo 18 Qt e brilhantes de 1,5pt
Design Danielle Ribeiro
Foto Claudio Cauduro

 


domingo, 15 de setembro de 2013

Cada coisa em seu lugar ou tudojuntomisturado

Para quem gosta de abrir as portas para a vida!
Para a turma que gosta do Chanel aos penduricalhos
Para quem gosta de beliscar ou ser beliscado

Para os amantes da arte uma bela moldura 

Para quem trabalha muito e não quer esquecer dos acessórios

terça-feira, 3 de setembro de 2013

Significado e afeto - Pingente Pássaro

Pedido de uma turma para homenagear sua paraninfa. Em conversa com as alunas ficou claro o quanto se sentiram nutridas e incentivadas, através do conhecimento e aprendizado com a professora a alçarem seus vôos solos. Juntas pensamos em um pássaro como simbolismo desta relação tão especial. Adorei porque traduz realmente o significado de reverie. A partir de uma reciclagem, o brinco de uma das meninas foi transformado em um pingente repleto de significado e afeto.



Ouro amarelo fosco 18 Qt
Design Danielle Ribeiro
Fotógrafo  Cláudio Cauduro

P.S.: Resolvi colocar a angolinha para pendurar a corrente atrás para não interferir no desenho da joia.

Delicado desafio - um anel para acompanhar

Um delicado desafio: ela tinha o brilhante e  queria um anel que não tivesse cara de solitário. Criei um  mais moderno para usar todos os dias, com formas  limpas que valorizam a pedra. O eterno solitário ganhou interpretação contemporânea e exclusiva.
Anel em ouro branco 18 Qt e brilhante 2 Ct
Design: Danielle Ribeiro
Fotógrafo: Claudio Cauduro